terça-feira, 2 de dezembro de 2014

O tópico

E em véspera de Natal há outro tópico no ar... A passagem de ano. Onde ir, com quem ir, o que vestir (as montras enchem-se de lantejoulas e purpurinas como se não houvesse escolha possível). O ano passado numa festa de passagem de ano um amigo perguntava-me qual tinha sido o balanço de 2013. Fiquei envergonhada porque nunca tinha parado para pensar num balanço. Aquilo que realmente me preocupava era a combinação das lantejoulas com uns sapatos de salto alto suficientemente confortáveis pelo menos até à meia noite.  

Sei que vos parece que estou 30 dias adiantada. Mas se calhar preciso destes dias para decidir o que vai para cada lado da balança. Ou arrumar tudo no mesmo sítio (como se fosse tudo farinha do mesmo saco), cada coisa na sua gaveta, com a sua lição.

Em 2014:
- Acabei o curso;
- Trabalhei durante os meses de Verão;
- Fui madrinha do meu querido Jotinha;
- Consegui visitar três vezes a minha irmã que vive a 900km de distância;
- Comecei a ser chamada pelo meu nome verdadeiro;
- Tive a primeira entrevista de trabalho;
- Baixei um número de calças;
- O meu coração partiu-se em mil bocadinhos e eu fui capaz de o refazer;
- Percebi que quando aceitamos a vontade de Quem sabe mais não há cruz que seja demasiado pesada;
- Dei mais passeios sozinha;
- Comecei a escrever num tal blog;
- Conheci mais amigas com irmãos gémeos do que em todos os anos que passaram.

Mas felizmente ainda me sobram 30 dias para:
- Pensar em mais coisas que fizeram 2014 um bom ano (que foi);
- Falar com aquela amiga que está no Brasil e se recusa a voltar;
- Conhecer o príncipe encantado ("se a piza que vem de mota demora imagine o príncipe que vem de cavalo")
- Fazer uma mudança radical no cabelo (dizem por aí que:a woman who changed her hair is about to change her life).

Bom, se calhar há coisas que vão ter de ficar para 2015 (o ano em que vou fazer 1/4 de século).



2 comentários:

M. dita disse...

- ir aos Açores
- comer num rodizio de Pizzas
- tornar o tal blog num sucesso

(algumas sugestões!)

TêBêeM disse...

Tenhho a sugestão do meu ritual de passagem de ano.... não vou em desejos nem em passas!

De há alguns anos para cá tenho este ritual...

Todos os dias 1 faço um propósito, um propósito robusto que faça sentido durante os 12 meses do ano, mas que também faça sentido nos anos seguintes. Os propósitos vão acumulando ao longo da vida, anseio sempre pelo novo propósito bem como ver o quão fui capaz de cumprir o(S) antigo(S)!!!!!!!! Tazinha