sexta-feira, 16 de novembro de 2012

O Natal é brutal?!?

Nunca estudei markting e publicidade, e talvez por isso assumo a minha ignorância na matéria. Falo como simples consumidora, simples cidadã, ouvinte e telespectadora.
Que a Popota não é o que era, já todos sabemos. Está mais "moderna" dirão alguns, eu diria que está completamente desadquada ao seu público alvo, e esta já é uma opinião um pouco clínica, afinal como psicóloga até vou percebendo alguma coisa de pessoas.
Bom, mas Popotas à parte, o Natal ser "brutal" é que não. Desculpem-me, mas se há adjectivo que não conjuga com Natal, é "brutal". O Natal é paz, é família, é solidariedade, é partilha, Natal é nascimento, é esperança, agora "brutal"? Acham que o Natal é brutal? Parece-me que esta palavra não combina com Natal.
Devem ter sido os mesmos publicitários que fizeram um outro spot que passava na rádio há pouco tempo do mesmo hipermercado... era dedicado aos "indecisos" e resumindo dizia aos indecisos que naquele hipermercado encontravam muito por onde escolher, se queriam pão, encontravam integral, de sementes, tigre, de soja, broa, sem sal, etc. Ora meus amigos, toda a gente sabe que um indeciso, como o próprio nome indica tem dificuldade em decidir... ora se precisa de pão e em vez de um tipo de pão, tem trinta tipos de pães... vai demorar meia hora para escolher (só o pão, imaginem o resto das compras). Qual a lógica de sugerir a um indeciso que vá a um local onde há mil e um produtos por onde escolher? Qual a lógica do Natal ser "brutal"?
Como eu nunca estudei markting e publicidade, não entendo estas coisas...

7 comentários:

CM disse...

eu arrisco a dizer que quem criou o soglan fez um pouco como a minha Matilde faz, quando tem como trabalhos de casa fazer quadras, ou rimas!!!
daí o Natal ser brutal e ter uma popota armada em JLO ;)
Mas lá está eu tb costumo dizer, à semelhança do que tu apontas "Eu só tirei um curso de Gestão, o que é que eu posso perceber disto?"...

Anónimo disse...

Vou escrever aos senhores que criaram a Popota "moderna" (vou-me ficar por isto!!!) e que dizem que o Natal é BRUTAL!! Bem visto Xana! Tks. :)

alexandrachumbo disse...

:)

alexandrachumbo disse...

:)

Edu disse...

Natal é Nascimento... só que eles querem fazer-nos pensar que é o nascimento de um hipopótamo... ou de vários (como no anúncio)... isso, sim, é brutal!

alexandrachumbo disse...

ahahahahahah

Escalador Peregrino disse...

Olá Alexandra!
Seguindo a linha condutora da nova evangelização e a necessidade de chegar ao homem contemporâneo com linguagem contemporânea, se à alguns anos atrás, ser cristão era ( e acho que continua a ser) algo radical, o natal agora ser apresentado como "Brutal" penso que se adequa muito bem a algo, que com disseste "é paz, é família, é solidariedade, é partilha, Natal é nascimento, é esperança". Aliás é tão "Brutal" que a nossa sociedade prefere afastar-te descrente deste mistério divino do que adora-Lo e vive-Lo alegremente com Fé.
Aliás, acho que é demasiado bom para a sociedade de hoje e ainda mais brutal por isso... talvez se ela percebesse o quão "brutal" é o Natal e o motivo da sua existência: Jesus Cristo e a Sua Igreja, de certeza que tudo seria bem melhor e não haveria barbaridades como esse anuncio de tv... mas pronto, por isso é que nós Igreja cá estamos não é?=) Para fazer o nosso feliz trabalho de levar Jesus aos outros, que não conhecem e aos que pensam que conhecem e afinal não...
obrigado pela tua partilha
Abraço!