domingo, 11 de novembro de 2012

3 bons amigos

Imperial
Caracóis  Cascas de batata fritas
Chuva

Querida leitora que me disse para parar de comer pão: eu sei, eu sei que esta não é a melhor combinação e está longe de ser a mais light, mas deve concordar que com a companhia certa e no sítio certo, é imperdível.

13 comentários:

Mariana Duarte Silva disse...

Ana, do que me foste lembrar...hehe olha se fores ao "Pateo dos Petiscos" em Cascais, as lascas (casca de batata frita) são do melhor que há!! Não me vou por a falar do resto do menu se não nunca mais saía daqui...

Ana Ulrich disse...

Já me falaram nisso sim, tipo tasca de tapas. Próximo jantar a marcar!

Rosarinho MB disse...

oh Ana, trocas os caracóis por uma coisa que eu nem sei o que é??
Caracóis é o melhor do mundo!!!!
E confesso que às vezes tenho pena de não gostar de imperial (sim, detesto detesto detesto). Sei admitir que há alturas em que calhava mesmo bem. É isso e são os cigarros. Não gosto nem de um nem de outro mas agrada-me o lado "social" de ambos. Ir beber uma imperial com amigos ou fumar um cigarro a meio do estudo... deve ser muito bom!
ahahah!
beijinhos

Mariana Duarte Silva disse...

Costumo ir lá algumas vezes com a família...é muito muito bom! É na Torre

Ana Ulrich disse...

Sim sim, são os dois muito bons! Vamos beber uma imperial (cigarro já não te vou convencer) esta semana. Descobri um sitio muito giro no Bairro!!

Ana Ulrich disse...

Ah e btw as cascas tou em processo de aprender a fazer em casa e quando souber vens cá jantar!

Anónimo disse...

Eu sei fazer. Amanhã passo cá para lhe dizer como se deve fazer. É o melhor do mundo: casca de batata!!! :)))

Ana Ulrich disse...

Boa!! Fico à espera :)

Anónimo disse...

Minha querida, o prometido é devido: a receita da casca de batata. Darei a receita como costumo fazer, claro. Não conheço outra maneira e assim ficam óptimas:


1º Lavar a batata;
2ª Descascar a batata e "apanhar" alguma - pouca- da parte branca, da batata em si, portanto;
3º Em azeite (ou óleo) bem quente ir deitando as cascas e tirar quando tiverem duras q.b.;
4ª temperar com sal a gosto. Há quem ponha queijo parmesão por cima!



Sugestão: Quando faço cá em casa costumo aproveitar as batatas e lá frito umas batatinhas como a minha querida Avó faz: uso um ralador e assim, em tiras bem fininhas vão a fritar.


Junte uma Imperial, uns amigos et voilá!! :)))

P.S.- A receita como viu é muito simples, contudo a mim só à segunda é que me ficaram boas. :)
Boa sorte. :)

BEIJINHOS

Maria disse...

Genial! Passo a cerveja que sou mulher de copos, mas de cerveja estou como a Rosarinho. Quando a cigarros, dei a dose certa aos meus pulmões para ficarem traumatizados para sempre. Não façam o mesmo!!!

Ana Ulrich disse...

Ahhh veio mesmo! Fui vendo o blog ao longo do dia na expetativa de ter a receita, e veio mesmo! Obrigada, vou experimentar esta semana, com azeite para dar o ar saudável à coisa. Muito obrigada queridíssima anónima :)

Ana Ulrich disse...

Pulmões traumatizados é muito bom!! Tão visual, imagino-os com um ar triste de carbonizados! Se nos der uma pele tão bonita como a sua, venham eles (kidding!)

Anónimo disse...

O prometido é devido! Espero que goste da receita da casca de batata caseira. :)) depois diga como correu, sim?