quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Educar para a Cidadania...e para o Amor

São a Família O'Neill. Para o meu marido e para mim, são a tia Dulce e o tio Francisco. Têm 6 filhos.

Lindo e eterno sorriso!!


Criaram a Casa do Chapim (mais informações aqui), dedicada à querida Maria da Assunção, a filha mais velha, que há pouco tempo foi para o Céu. Pouco tempo na história do mundo, mas uma eternidade para a sua Família. Uma história que nos faz romper em lágrimas. O amor de uns pais e o amor de uma filha, e os frutos que geraram.


A Casa do Chapim é uma associação constituída por um grupo de Pais de crianças e familiares portadores de necessidades especiais, promovendo a sua inclusão social.
Só isto bastava para escrever um longo texto de como educar para a cidadania.
Mas não. Hoje venho-vos falar de outra iniciativa desta Família.
Uma imagem, toda branca, bonita, de Santa Catarina, na Cruz Quebrada-Dafundo, foi vandalizada por marginais com grafittis encarnados que deixaram a imagem assim:



Perante o estrago, ficou a promessa:
"Estátua de Santa Catarina perto de Linda-a-Velha. Já solicitei as entidades competentes a limpeza da Santa. Todos os dias passo pela mesma. Acredito que será honrada, caso contrario, irei limpar a mesma."
As entidades não foram competentes a ponto de atenderem a este pedido. E a promessa foi cumprida. Pelos vistos não era assim tão difícil...nem tão caro. Esperemos que os responsáveis (pelo acto, e os da Câmara, tenham aprendido a lição.)
Aproveitando este momento para educar civicamente os filhos, todos participaram, numa tarde animada, na limpeza de Santa Catarina. Abdicaram de uma tarde de passeio, ou de descanso em casa, para fazer serviço público.
O que estes pais porventura não poderão saber, é que não só educaram os seus filhos para a cidadania, como também nos educaram a nós, que fomos acompanhando a história.

Tanto falamos, mas pouco fazemos. Refilamos, criticamos, todos temos opiniões super válidas sobre tudo e sobre nada, mas, estranhamente, nunca nos sentimos responsáveis por fazer melhor. Como se fôssemos assolados por um laivo de superioridade. Nós, os intocáveis, que opinam mas não agem. Sabemos sempre como fazer melhor. Mas fazê-lo, está quieto.
E ver nisso uma oportunidade de ser exemplo para os outros, nem pensar. Humildade não é o nosso forte. Só mesmo a sabedoria de saber sempre a solução mais acertada.
Até ao dia em que somos nós que recebemos uma lição.



6 comentários:

Rosarinho MB disse...

Que bonito, Cate!!!!
Óptima iniciativa... já que outros não fazem, façamos nós mesmos! Deixar a imagem assim é que não. Muito bem, mesmo. E os miúdos devem ter adorado e aprendido muito. É fantástico!
Portugal está cheio de gente boa!!!

alexandrachumbo disse...

ESPECTÁCULO!

Catarina Nicolau Campos disse...

Mesmo!

Catarina Nicolau Campos disse...

É lindo, não é? Acho que este tipo de exemplo vale mesmo a pena ser divulgado e imitado!!

Joana Nestor disse...

Cate....que arrepio!! Obrigada por este testemunho, por esse exemplo! De fato, é de vir as lágrimas aos olhos!

Casa do Chapim disse...

À medida que os anos passam, aprendemos a sorrir de tudo aquilo por que passamos e que nos fizeram chorar muito. Nossa filha Maria da Assunção agora anjo, apesar de tudo o que passou (paralisia cerebral), foi feliz na terra e agora no céu, e por essa simples razão, só morrem todos aqueles esquecidos do coração. A sua recordação está nos nossos corações para sempre, e a prova é o Chapim (seu brinquedo favorito).

Obrigado a todos

O Pai