terça-feira, 23 de outubro de 2012

Truques para um armário arrumado

Por falar em arrumações pós-Verão pré-Inverno, devo dizer que gosto mesmo muito desse ritual. Gosto de ter o meu armário a parecer uma loja arrumada (embora com muito menos roupa que uma loja arrumada), ordenado por cores e por tipos de roupa, e sem coisas que eu já não uso. Gasta-se tempo, mas depois poupam-se vários minutos todos os dias. Além disso acho que, no caso das mulheres, a organização mental está relacionada com a organização material: casas arrumadas e carteiras arrumadas são o ponto de partida para melhores ideias e mais serenidade.
 
Apesar de não ser nada de mais, vou dar algumas dicas que costumo usar, esperando contribuir para mais armários bem arrumados!
 
1. Roupas de Verão e roupas de Inverno
 
É preciso fazer a distinção entre umas roupas e outras. Há roupas intemporais, e essas podem ficar sempre disponíveis; mas tudo o que não é dessa estação (ex: fatos-de-banho no Inverno) deve ser encaixotado, por uma questão de organização do espaço.
 
Atenção: não encaixotar roupa sem estar 100% limpa e engomada. Os sapatos deverão ser escovados (se for caso disso), engraixados e limpos, e de preferência guardados em caixas individuais.
 
2. Disposição da roupa dentro dos armários
 
Cada uma tem as suas manias e a sua própria organização pessoal. Deixo a minha: cada roupa em cada cabide (ex: 1 calças, 1 cabide; 1 camisa, 1 cabide). A imagem visual de toda a roupa na altura de escolher o que usar fica muito facilitada. Nas gavetas, arrumo os tops por categorias (básicos, dia-a-dia, noite).
 
3. Não desarrumar o que foi arrumado
 
Durante muito tempo, a minha rotina era algo do género: ritual de arrumação, um mês de desarrumação, novo ritual de arrumação, etc. Até que percebi que basta um pequeno truque para não ter que se fazer tantas vezes uma grande arrumação: deixar sempre tudo direito e arrumado. Não dobrar roupa e pôr em cima de outra com tamanho de dobragem diferente: vai esconder a roupa de baixo e dificultar a escolha ("onde é que estava o top que eu vi aqui no outro dia? Ia jurar que estava aqui..."). É chato sim, exige paciência sim, mas compensa, porque demora mais um minuto e fica tudo impecável.
 
4. Caixas para arrumação
 
Já não estamos na época em que as caixas para arrumar roupa eram feiosas e pouco práticas. Eu encontrei estas no IKEA e são as que uso: são muito práticas e bonitas, há de vários tamanhos e têm feixo (para impedir que entrem pós ou bicharocos). Têm para sapatos também, com plástico transparente para se ver o que está lá dentro.
 
5. Por fim... o que não me apetece usar
 
Todas nós temos aquela ovelha negra da roupa que é o top, ou a camisa, ou as calças, ou as botas, que vemos todos os dias lá no armário, à espera de ser usada, mas que nunca nos apetece usar! Das duas uma: ou já não nos serve, está velhota, ou outra justificação qualquer - e então, por que não dar a quem use?; ou então traduz-se apenas numa fase da vida, mas sabemos que eventualmente irá passar. Nesse caso, este é o meu truque: guardo a peça de roupa em questão durante um tempo, e depois volto a pô-la nas gavetas. E funciona mesmo, porque deixou de ser algo que eu via todos os dias!

Agora é a vossa vez: quais são os vossos truques pessoais de arrumação?
 
 

5 comentários:

Catarina Nicolau Campos disse...

Novia guapa, óptimo post e óptimas dicas!!
Tenho dessa colecção do Ikea as pequeninas para cintos e roupa interior.
O meu nome do meio como sabes é "caos" e este ano tenho mesmo o propósito de deixar o roupeiro um mimo!
Desafio para próximos posts:
Dicas para excesso de sapatos - e usamos todos, tudo o que era para dar, foi dado. Como arrumar?
É que não faço ideia... quando há muitos as sapateiras não servem..
Mil beijinhos!!

Ana Ulrich disse...

Sabes uma coisa? À muito tempo que tenho esta opinião. Como partilhámos a mesma barriga houve algumas coisas que me roubaste logo no inicio. Uma delas foi a capacidade de arrumação. Want it Back!!

alexandrachumbo disse...

gostei do post, já fiz as minhas arrumações "q.b" possíveis... só uma dica: guardar roupa 100% limpa sim, mas passá-la a ferro não vale a pena... já que a vamos dobrar e "enfiar" numa caixa, pode ficar com vincos, e o mais certo é mesmo que a passemos, quando ela sair para fora vai precisar de outra passagem certo? E quem é que gosta de passar a ferro a dobrar? eu não!!!!!!!!!!!!!! :)

Maria disse...

Teresa querida, tenho aqui umas perguntas (por favor, responde, sim?)
1ª pergunta: quanto cobras à hora para fazer este trabalho no roupeiro de outras pessoas?
2ª pergunta: quanto tempo demoras a substituir a roupa de inverno pela de verão (esta é mesmo só curiosidade)?
3ª pergunta: onde arrumas tu essas caixas do IKEA que até são bonitas e boas para arrumar roupas mas que ... não condizem com o que temos no quarto. Sei lá... até a podia pôr como um sofá ou uma coisa assim. Mas não combina... Obrigada querida. Mas ando mesmo a necessitar de respostas para estas perguntas. Obrigada (para já.... depois ... estou compradora de serviços...)

Ana Maria disse...

Comecei a ler e pensei... "Mãe???? Ah não, teresa!" um discurso típico da minha mãe que eu acho que tem toda a razão mas... enquanto não for eu a mãe duvido que o vá pôr em prática. E como isso ainda não está para vir... Não queres vir cá a casa??