sábado, 25 de agosto de 2012

Carta de uma gorda à magra

A Margarida Rebelo Pinto, senhora do social português, rasca que só ele, mas que se auto-considera uma mulher de nível, decidiu publicar há uns dias uma crónica sobre as gordinhas. Diz a ossuda autora que as gordinhas são um espécimen típico dos grupos masculinos, que se comportam como se fossem rapazes, vestem-se à rapaz, dizem asneiras e mais uma série de coisas absolutamente sem interesse, próprias de quem não tem uma vida minimamente estimulante.
Ora as respostas não tardaram e a melhor de todas está aqui: http://princesinhalu.blogspot.pt/2012/08/carta-de-uma-gorda-magra.html.

É de um blog de uma mãe, que relata a sua experiência numa resposta adequada e ao tom. Não concordo a 100% com tudo, mas espero mesmo que sirva para a Sra Rebelo Pinto sair do seu falso pedestal.

Está na hora de descobrir que ninguém é mais do que ninguém para se julgar ou dissertar com tanta maldade. E sem razão nenhuma. E de pararmos de avaliar a vida dos outros com tamanha mesquinhez, sem antes olharmos para a nossa e tentarmos melhorá-la.

4 comentários:

Maria disse...

A crónica é de 2010 e o jornal onde foi publicada quer é publicidade. O problema é genético. O Michael Phelps nasceu com uma compleição física que lhe permitiu ser o homem mais medalhado de sempre. Esta nasceu com os neurónios na massa gorda que, muito cedo, perdeu. Não vai para nova, a lei da gravidade já lhe fez das suas e ... encalhou. Ainda por cima foi enfeitada por uma que chama "gordinha". Coitadadinha, não acham?

Ini Vaz Pinto disse...

Eu ia escrever um...'comentário' acerca desta 'crónica', mas ainda bem que te adiantaste porque eu não teria conseguido ser tão educada como tu Cate. Um grande e bem gordinho beijinho de saudades!

Ini Vaz Pinto disse...

Eu ia escrever um...'comentário' acerca desta 'crónica', mas ainda bem que te adiantaste porque eu não teria conseguido ser tão educada como tu Cate. Um grande e bem gordinho beijinho de saudades!

Margarida Benedita M. M. (DITA) disse...

Muito BOM mesmo! Beijinhos da Gorda Dita :)