segunda-feira, 16 de julho de 2012

Sou Tia!

Que coisa mais amorosa, mais cheirosa e pequenina
como é possível agora, depois de mãe experimentada,
ficar tão emocionada, com o facto de ser tia?

Que amor de criatura,
que encaixa no meu colinho,
e dou por mim a pensar,
que sensação tão docinha
Deus havia de me dar.

Como é possível amar,
alguém que é nosso sem ser?
Como é possível pensar,
e o pensamento ocupar,
com alguém tão pequenino,
de quem não se sabe o destino,
e que não nos pôde escolher...

Que coisa deliciosa, que boa esta sensação, de ter cheio o coração,
de um amor muito diferente, do sentido até então!

(agora com os devidos espaços! Descobri o truque :)

6 comentários:

Joana Nestor disse...

Ah poeta!

Que poema tão cheio
De sentido e carinho
Foi um excelente meio
De anunciar o sobrinho

Cara Alexandra
Um talento para a poesia
Resta-me desejar
Parabéns por ser tia

alexandrachumbo disse...

Ah Joana! Muito obrigada! Que querida... espero conhecer-te em breve :)

Maria disse...

Parabéns Alexandra!

Jan disse...

À tia e à família, muito parabéns! :)

E... qual é o segredo dos parágrafos?

Obrigada!*

Teresa Flores disse...

Que bonito! Gosto muito! Parabéns!! :) (e parabéns à Joana também, não conhecia esse teu talento oculto! :) )

Ana Ulrich disse...

Uau!!