quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

O poder do mar


《Muitas vezes caminhamos pela praia, ouvimos o barulho do mar, e nem sequer observamos a grandeza do oceano. 
Mas naquele dia eu parei.
Resolvi sentar-me de frente para o mar, simplesmente observá-lo, olhando nos olhos com um vento leve e salgado batendo no meu rosto. Olhar o mar com calma é quase uma oração, não é para qualquer um.
A água a bater nas rochas, a onda a trazer a sua espuma, leva-nos a reflexões sobre a vida, sobre os nossos destinos, pessoas que se foram e projetos futuros.》

Fernando Rizzolo