segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

MAD

Nella città più romantica del mondo, Firenze, la gente è così..



Copyright © 2005 - 2012 The Sartorialist .

Passei o fim-de-semana em Madrid. Encantada. Com tanta vida às três da manhã, com os museus incríveis, que são as próprias ruas da cidade, com as pessoas que andam bem arranjadas, lindas, mesmo com graus negativos em que só apetece enfiar o camisolão da ginástica e seguir para bingo.

A respiração de cada canto de Madrid abriu-me o apetite: tenho andado a pensar numa coisa.

Pessoas.

Andava por Madrid a tentar ocupar o tempo da hora de almoço que tinha pela frente. Entro no restaurante que me pareceu ter algum gaspacho ou fruta - nem um, nem outro.
Oiço portugueses. Regra geral não ligo, faz-me confusão ouvir a minha língua quando estou fora.

Desta vez foi diferente.

Acabei a almoçar na mesa de 4 amigos, não meus, mas eles, uns dos outros. Ouvir histórias de pessoas com diferentes mundos, rir à gargalhada com quem há minutos atrás eram total strangers.

Conhecê-los porque sim, porque são Pessoas.

Valeu a pena? Valeu.

Tudo começou quando fiz umas pequenas contas.
Portugal tem estas pessoas:
11.000.000

Eu tenho amigos. O facebook diz que andam por aqui:
800

Conheço 0,01% das pessoas com quem partilho a língua, o chão e a história.
É. Pouco.

Fica o teaser!