sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Porque ontem nasceu o ZM

Ontem recebi um telefonema, o numero não era conhecido, ouvi do outro lado:
"É a tia dos Açores?"
"Sou dos Açores, mas não sou tia..." - respondi.
"Só para dizer que já é tia! Nasceu o ZM!"- Percebi que era uma avó babada, essa avó sabia que os Açores ficam longe demais e eu precisava daquele telefonema.
 
Incrível! Que emoção!
Ontem nasceu o filho dos meus grandes amigos!
 
"Bem-vindo ZM.
Bem-vindo a este mundo, a este mundo incrível. Acredita, não te deixes intimidar com as notícias, o mundo está repleto de coisas boas, de belezas naturais e de belezas humanas. Um dia vais conhecer grandes obras de arte, vais ler grandes livros e ouvir grandes musicas, vale a pena viver, acredita. Quem sabe vais até às cataratas da Nicarágua, quem sabe vais viajar até à  muralha da China, ou vais aqui ao lado, à Europa, a Roma ver o Caravaggio ao vivo, quando fui a Roma com a tua mãe ela gostava de ir a todos os museus, aposto que ela vai fazer o mesmo contigo.
Acredita que vais ser um rapaz alegre e, em muitos dias da tua vida, vais rir até rebolar no chão, eu conheço o teu pai ele é um homem feliz.
Não te deixes intimidar com as notícias, o terrorismo não perverte, nós somos mais, os bons podem não aparecer tanto na televisão mas eles são muitos, as nossas armas são as flores.
Não te deixes intimidar com as notícias, hoje os deputados da Assembleia da Republica Portuguesa, do teu país, acham que fizeram história, apetece-me ir lá dizer-lhes deturpar, adulterar não é fazer história é sim empobrecer a história, mas o tempo, que é duro, vai ensinar, a eles e a nós, porque nós vivemos numa democracia, sabes o que é a democracia? Vais perceber quando começares a ter irmãos.
Sabes  ZM, hoje quem fez história foste tu, foste tu que ao nascer mostraste que há vida depois da concepção, foram os teus pais que ao te terem mostraram que era preciso de um homem e de uma mulher, não, não é preconceito, não é discriminação, é a vida, é a beleza da vida.
ZM não te deixes intimidar pelas notícias, nasceste numa grande época, não há crise, não há terrorismo, não há despotismo que te tirem o amor dos teus pais.
Sabes o que é mais belo neste mundo, mais belo que todas as paisagens, mais belo que todos os quadros, que todos os romances e todas as musicas? É o Amor, é a bondade dos homens, é o saber perdoar, é a generosidade, é a misericórdia, e tu vais aprender tudo isso, porque nasceste na altura certa.
Com muito carinho e muita vontade de te ver, a tua tia Açoriana."
 

2 comentários:

Rosarinho MB disse...

Tão bonito!!!!!

Leonor disse...

Uau, LINDO!
Mesmo muito muito bonito minha querida.